TURISMO

PRAÇA DA BÍBLIA

Inaugurada em 21 julho de 2019, foi uma homenagem concedida pela Prefeitura Municipal por ocasião do ano do centenário da Igreja do Sagrado Coração de Jesus. É composto por dois canteiros que representam as partes do Livro Sagrado, o Antigo e o Novo Testamento. Ao centro, na fonte iluminada, a Palavra de Deus se revela em uma escultura com cascata d’agua, cercada por quatros jatos que simbolizam os evangelistas. Deus como centro de tudo e os evangelistas como fonte da Sua Palavra.

MAUSOLÉU DA FAMÍLIA COSTA

Em 1922, não existia cemitério na Vila Costa, e Firmino José da Costa, filho do fundador, sofria de reumatismo, estava paralítico e muito doente. Por essa razão, adquiriu em Recife um mausoléu para ser montado na sua propriedade, destinado a receber seu corpo. Contudo, em busca de uma melhor assistência, Firmino se mudou para Nova Cruz/RN, onde veio a falecer e ser sepultado. Não existe registro de utilização do jazigo, mas contam moradores antigos, que o local já serviu para enterrar crianças pagãs.

CASA AZUL

Foi a residência de Alberto de Carvalho Costa, político bastante influente na região, prefeito de Caiçara de 1951 a 1955, e neto do fundador da Vila Costa. A residência conhecida por Casa Azul, devido as cores da sua pintura, possui uma capela no seu interior e é uma clara demonstração do apogeu econômico experimentado por Duas Estradas no século passado. Em 2017, tornou-se o Centro Cultural Casa Azul, sendo bastante utilizada para eventos culturais e reuniões administrativas.

IGREJA DO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS

Em 1919, Francisco José da Costa iniciou a construção da Igreja do Sagrado Coração de Jesus, padroeiro escolhido por sua esposa Júlia Coelho Costa, devido a sua devoção. Finalizada em 1923, foram investidos seis contos de réis e a primeira missa foi celebrada em latim pelo padre Aprígio Espínola. Em 1938, falece o Coronel Costinha e seu corpo é sepultado na igreja por ele construída. Na década de 1990, a igreja foi reformada pelo pároco Luís Deodato, ganhando o aspecto atual.

RUÍNAS DO CASARÃO

A residência de Francisco José da Costa, Coronel Costinha, foi concluída em 1920 e era a casa grande da Fazenda São Francisco. Afirmam que durante a construção, o filho do fundador, morava na casa ao lado, depois transformada na primeira escola da localidade. Por esta razão, o Casarão foi a segunda edificação com fins de moradia, dando surgimento à vila que se transformou no Município de Duas Estradas.

CRUZEIRO E MIRANTE DE SÃO FRANCISCO

O Cruzeiro de São Francisco está localizado no ponto mais alto do Município, foi construído em fevereiro de 1932 por Francisco José da Costa, Coronel Costinha, como pagamento de uma promessa. Relatos afirmam que seu filho “Chiquinho” foi sepultado no local.
O Mirante de São Francisco foi inaugurado em setembro de 2018, trata-se de um equipamento turístico com vista privilegiada da cidade, local de celebração de missas e contemplação do pôr do sol. Sendo assim, um dos pontos turísticos mais visitados da região.

CONJUNTO FERROVIÁRIO DE DUAS ESTRADAS

Construído pela Companhia Great Western of Brasil, é composto pelo prédio da Estação, o Armazém, o pátio que os circunda e o trecho ferroviário entre a Estação e o Engenho Imaculada Conceição. Sua inauguração ocorreu em 01 de janeiro de 1904, com o primeiro trem as 14h00min. Incluído na Lista do Patrimônio Cultural Ferroviário Brasileiro, é considerado o marco fundacional de Duas Estradas. Atualmente, no prédio da antiga Estação, está sediada a Biblioteca Municipal Margarida Maria Alves.